Zamm Imoveis Campinas – Guanabara: de estação de trens a espaço cultural

Você já ouviu falar do CIS Guanabara, em Campinas? O espaço é um centro cultural instalado na Estação Guanabara, uma das antigas estações de trem da cidade. Mantido pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o Centro Cultural de Inclusão e Integração Social (CIS) respira história, educação, cultura e lazer.

De acordo com o CIS, a estação foi inaugurada em março de 1893, com o objetivo de ser um local alternativo para desafogar o tráfego ferroviário da região. Por ali passava a estrada de ferro da Companhia Mogiana. Além da estação, no local também foram construídos oficinas e um armazém (conhecido como “Armazém do Café”) para as mercadorias que chegavam a Campinas pela linha da Mogiana.

A estação era movimentada: havia 13 linhas em seu pátio. O prédio atual não é o original, mas o que restou de uma série de ajustes. Sua terceira reforma, quando houve a construção do prédio atual, data dos anos 1920. Na ocasião, o local passou a abrigar também alguns escritórios da Companhia Mogiana. O conjunto arquitetônico é tombado pelo patrimônio histórico e cultural de Campinas. Passear pela estação é fazer uma viagem no tempo!

Hoje, como um espaço de extensão da Unicamp, o local é palco de diversas atividades abertas à comunidade, como cursos, peças de teatro, apresentações musicais, eventos de literatura, exposições, feiras culturais e orgânicas e muito mais.

Ficou com vontade de conhecer? Então fica a dica: no próximo dia 25 de junho, às 14h, será realizado na estação um “Arraiá Cênico” aberto ao público. Haverá quadrilha, casamento caipira, maratona de contos e causos, apresentação de duplas sertanejas, barracas com comidas típicas e artesanatos.

Localização: Rua Mário Siqueira, 829, Campinas (SP) – em frente à Praça Mauá
Mais informações: www.cisguanabara.unicamp.br